A importância de amamentar na primeira hora após o parto

Imagine só a situação de um recém-nascido: acaba de sair do melhor lugar do mundo, o ventre materno, e é imediatamente colocado sob iluminação artificial pra ser limpo, pesado, medido e esticado.  Recepção nada acolhedora, certo?

Na contramão desse protocolo hospitalar, equipes especializadas em partos humanizados e algumas maternidades, especialmente públicas, têm tornado cada vez mais rotineira a prática de entregar o bebê à mãe assim que nasce, incentivando o contato pele a pele e o aleitamento na primeira hora de vida.

Os benefícios da amamentação imediata são inúmeros e podem ser desfrutados por bebês nascidos em parto normal ou cesárea, e muitos deles têm respaldo de organizações mundiais. Você sabe quais são?

 

  • Contribui para o estabelecimento do vínculo entre mãe e bebê que, durante e logo após os eventos fisiológicos do parto, estão com os sentimentos à flor da pele;
  • Estimula a produção do colostro e a descida do leite materno;
  • O colo da mãe, pele a pele, auxilia no controle da temperatura corporal do bebê e o aleitamento imediato regula sua glicemia;
  • O aleitamento imediato do bebê libera hormônios que ajudam a contrair a musculatura uterina, reduzindo o sangramento do parto, seja ele vaginal ou cirúrgico;
  • Segundo a Unicef, amamentar os bebês na primeira hora de vida passa nutrientes e anticorpos cruciais, não só por meio do leite materno mas também pelo contato com a pele da mãe;
  • pode reduzir consideravelmente a mortalidade neonatal, já que, de acordo com a Unicef, atrasar a primeira amamentação para ao longo do primeiro dia de vida aumenta a chance de morte no primeiro mês de vida em 40%. Atrasar por mais de 24 horas aumenta esse risco em 80%.

 

Amamentar na sala de parto é tudo de bom! Além de todas essas vantagens, propicia uma sensação de acolhimento e bem-estar ao bebê, que sentirá o toque da mãe, ouvirá sua voz e as batidas ritmadas de seu coração e sentirá o cheiro do leite e do corpo materno, sendo recebido com  um imprinting (memória definitiva) de segurança e amor.