A maneira como você fala com seus filhos pode definir quem eles serão na vida adulta

“Você não faz nada direito!”
“Você é muito desleixado!”
“Você é terrível.”

Já parou para pensar que esse tipo de afirmação, quando direcionado às crianças, pode defini-las e tornar-se parte de quem elas serão e de como agirão por toda a vida?

Sem querer, estamos interiorizando em nossos filhos “verdades absolutas” que são absorvidas, muitas vezes, desde antes que tenham capacidade de refletir sobre elas.

Podemos evitar a criação dessas crenças limitantes reforçando atitudes positivas com um tom encorajador:

“Sei que você consegue fazer melhor.”
“Vamos tentar mais uma vez, com mais capricho?”
“Você pode desenhar/fazer bolhas de sabão/brincar de massinha agora, pois já é noite e chegou a hora de fazer menos barulho.”

E se a crítica for inevitável, lembre-se de direcioná-la à ação ou atitude, e nunca à criança. Seu filho não É irritante. Ele ESTÁ FAZENDO algo que te desagrada naquele momento.

Quais foram as afirmações categóricas que você ouviu, ao longo da vida, e se transformaram em crenças limitantes? É indispensável trabalhá-las por meio do autoconhecimento e da percepção. E quando estiverem muito enraizadas, difíceis de serem reprogramadas, podemos fazer uso de sessões terapêuticas de Thetahealing para descobrir a raiz dessa limitação e eliminá-la de sua vida!

 

*Sou enfermeira obstetra e trabalho com gestantes, mães e bebês há muitos anos. Apaixonada por tudo que envolve o gestar, parir e maternar, ofereço atendimentos terapêuticos em Thethahealing e consultorias em sono materno infantil, aleitamento e cuidados com o bebê de forma individual, para pequenos grupos ou in company. Se você é mãe ou gestante e gostaria de viver de forma mais leve, entre em contato. Estou certa de que juntas vamos encontrar o melhor caminho!