Crianças maiores com dificuldade para dormir?

Quando a criança ultrapassa os dois ou três anos e ainda não consegue pegar no sono sem ajuda, mesmo estando cansada, é preciso considerar alguns fatores. Além de gastar bastante energia durante o dia, de preferência ao ar livre, esses pequenos continuam precisando de rituais relaxantes para a hora do sono.

Além disso, há atitudes que devem ser evitadas. Conheça algumas delas:

 

– Iniciar a noite muito tarde: alguns acreditam que retardar o início do sono e aguardar a completa exaustão da criança vai garantir que ela “desmaie” de cansaço assim que for colocada na cama. Mas neste caso, vale a mesma regra dos recém nascidos (já falamos dela aqui na página): um ritmo diário saudável, com momentos reservados para brincar e dormir, é essencial, já que quanto mais exausta está a criança mais agitada tende a ser a noite.

– Utilizar telas para tentar acalmar: estudos científicos recentes demonstram que a luz de dispositivos eletrônicos como TV, celular e tablet retardam em até 2 horas a liberação do hormônio melatonina, que induz o organismo ao sono. Portanto, é melhor evitar seu uso por crianças após as 18h. Para substituir, postamos nesta semana algumas brincadeiras para acalmar os ânimos da garotada.

– Excesso de contenção física durante o dia: é bem verdade que hoje em dia muitos de nós vivemos em apartamentos, sem muito espaço para correria e brincadeiras mais expansivas. Mas é importante reservar ao menos uma hora do dia para que a criança libere energia. Além de relaxante, esse “brincar fora” promove o desenvolvimento psicomotor e desenvolve a sensibilidade dos pequenos para o que acontece ao seu redor, como as mudanças no clima e na cor do céu, o surgimento da lua durante o dia em algumas estações do ano, os sons dos pássaros… você vai se surpreender com a quantidade de descobertas!

 

E quando chegar a hora de ir para a cama, nada como um beijo de boa noite, um abraço e uma boa história, com direito a cafuné, para encerrar bem o dia. São pequenos gestos que, além de serem uma delícia, tranquilizam e transmitem segurança para nossos pequenos milagres.

Bons sonhos!