Deixar chorar não ensina o bebê a dormir!

Quando deixamos um bebê chorar no berço até que finalmente durma, exausto, ele não está “aprendendo a dormir sozinho”. Está percebendo que foi deixado, desamparado e longe da única referência de segurança e aconchego que conhece: o colo da mãe e do pai.

Não existe bebê manipulador. Não existe bebê independente. Humanos, logo que nascem, encontram no choro a única forma de comunicação e de sobrevivência. Se o bebê sente fome, frio, calor, dor, medo ou insegurança, ele chora para se proteger e para que possa ser protegido. Quando o choro não é acolhido, cedo ou tarde o bebê se cala. Mas as dores e necessidades dele se calarão também? Ou continuarão ali, escondidas e negligenciadas?

É por isso que sempre digo que não existe fórmula para ensinar o bebê a dormir melhor. Cada criança tem suas necessidades individuais, e cada família lidará com elas de uma forma diferente.

O que faço, na consultoria de sono, é ajudar a família a descobrir um caminho respeitoso e livre de violência para que todos na casa, especialmente mãe e bebê, encontrem um ritmo saudável que funcione não apenas na hora de dormir. Todos os fatores da rotina são avaliados e, se necessário, alterados para que, quando o sono chegar, ele venha suave, tranquilo e reparador.

Não abandone seu bebê. Não ignore seu choro. Se você precisa de ajuda, vamos conversar. Juntas encontraremos o que funciona para você e seu filho, sem fazê-lo sofrer!