Patricia procurou ajuda para lidar com o sono do filho Pedro, então com 10 meses

“Pedro sempre teve dificuldade para dormir bem, mas na fase dos 10 meses de vida isso se acentuou bastante. Ele despertava 10, 12 vezes por noite, e só se acalmava no peito. Minhas relações pessoais ficaram complicadas e eu estava sem humor para nada. Me sentia deprimida, sozinha e perdida. Eu não sabia para onde correr.

Estava esgotada e comecei a ter sintomas físicos, como tontura, olheiras tão profundas que de pretas estavam ficando esverdeadas e marcas roxas pelo corpo. E também me alimentava mal, pois não tinha disposição nenhuma para cozinhar. Emocionalmente, me sentia uma péssima mãe. Culpada por não saber o que estava fazendo de errado, e sem entender por que as outras crianças dormiam e o meu filho não. Ouvia diversos conselhos que me faziam sentir pior ainda. As pessoas diziam que ele estava mal acostumado por receber muito colo, que meu leite devia ter secado, que ele poderia estar com dor… Como solução, sugeriam que eu o deixasse chorando no berço e o levasse a um centro espírita. E ouvir de outras mães: “Meus filhos nunca tiveram problema para dormir” me deixava muito pior.

No auge do meu desespero, digitei no Google: “ESTOU DESESPERADA MEU FILHO NAO DORME”, e foi assim que cheguei à Sonia. Após encontrá-la, pesquisei sobre sua formação e como funcionava seu trabalho e entrei em contato. Ela prontamente respondeu, e então iniciamos o trabalho.

Começamos a estabelecer a rotina de sono, reforçar a alimentação e o ritual da hora de dormir. Esses três pilares me ajudaram muito,  mas é injusto dizer que só isso ou aquilo deu resultado, porque a consultoria da Sonia vai muito além. Ela conversava comigo e tentava entender outras questões do dia a dia. Eu diria que ela é uma consultora da vida.

Em 4 ou 5 dias o Pedro já estava acordando bem menos. Hoje ele dorme por 9, 10 horas seguidas. Se acontece de acordar durante a noite, é geralmente por conta de um dente ou de uma virose nova chegando.

Passados seis meses do início do trabalho, olho para trás e chego a me emocionar, pois nem acredito em tudo que passei. Hoje eu durmo!!! Sim, eu durmo e acordo disposta para o dia. Minha relação com as pessoas melhorou bastante. Curto muito mais meu marido e consigo trabalhar e me cuidar melhor. CONSULTORIA DA SONIA É VIDA!!!”

 

Depoimento de Patricia Paz, mãe de Pedro, de um ano e 3 meses