Seu filho já tomou u m banho de chuva neste verão?

Já falei, aqui na página, a respeito do Transtorno de Déficit de Natureza, termo apresentado em 2005 pelo livro A Última Criança na Natureza, de Richard Louv.
Estudos realizados nos últimos 10 anos indicam que pessoas que vivem mais contidas apresentam mais problemas físicos, como a obesidade, e mentais, como depressão, hiperatividade e déficit de atenção.
Mas não precisamos de estudos acadêmicos para perceber que, depois de algumas horas na praia, no sítio ou no parque a criança volta para casa muito mais tranquila.
Em um mundo ideal, o acesso às áreas verdes seria livre e irrestrito. Porém, sabemos que no dia a dia não funciona assim, especialmente para quem vive em apartamentos na cidade.
Eu acredito que o contato com elementos naturais precisa ser cultivado diariamente e fazer parte da rotina. Portanto, quando não for possível fazer um grande passeio, você pode proporcionar ao seu filho:

🌿 Uma bacia com água, na varanda ou até mesmo no box do banheiro, para entrar ou brincar com potes da cozinha e panelinhas.
🍁 Tomar aquela chuva de verão no fim de um dia quente, ainda que seja na calçada em frete ao prédio.
🍄 Cultivar vasinhos de plantas pela casa.
🌵 Cuidar de um animalzinho de estimação (com responsabilidade e apenas se a família tiver disponibilidade para acolher mais um integrante).
🐚 Uma bacia com areia (de verdade, e não aquelas coloridas) na varanda, com gravetos para brincar.

Nada disso substitui uma manhã de sol ao ar livre, mas são alternativas simples e baratas para aquelas tardes que a criança passaria em frente a uma tela.