Soluções para dormir melhor durante a gestação

Ao longo das, em média, 40 semanas da gestação, a mulher passa por mudanças físicas, hormonais e emocionais que interferem diretamente na qualidade do sono. Há quem diga que qualquer dificuldade para repousar pode ser encarada como um “treino” para as noites de descanso intermitente que estão por vir. Mas algumas medidas simples podem tornar as noites mais tranquilas e restauradoras. Quer saber quais são?

  • Azia durante a madrugada: o ideal é consumir alimentos leves no período da noite, e não passar muitas horas sem comer. Um travesseiro mais alto, para que a gestante fique ligeiramente elevada, também pode ajudar;
  • Sensação de calor intenso: alterações hormonais fazem com que muitas mulheres fiquem mais calorentas que de costume durante a gestação. Roupas leves, lençóis de algodão, ventilador e ar condicionado são as soluções mais comuns, mas fazer um esfria-pés refrescante, com água geladinha e óleos essenciais de hortelã, lavanda e capim limão também pode ajudar, além de ser uma delícia!
  • Dificuldade para respirar: na reta final da gestação, o tamanho do bebê pode comprimir os órgãos da mãe, trazendo desconforto. Evite deitar-se de barriga para cima e use travesseiros extras. A inclinação vai te deixar mais confortável.
  • Não consigo encontrar posição confortável: deitar-se de lado, sobre o lado esquerdo do corpo, costuma ser uma boa posição para dormir. Experimente usar um travesseiro entre as pernas e outro sob a barriga.
  • Cãibras noturnas: aumente a ingestão diária de alimentos ricos em potássio, como banana e melão. Se mesmo assim elas vierem, alongue e massageie a parte do corpo afetada.

Espero que essas dicas a ajudem a descansar melhor. Mas se houver alguma outra questão, vamos conversar! Repouso adequado também faz parte de uma gestação saudável.