Tudo o que alimentamos cresce. Vamos alimentar o amor!

Já parou para pensar que o ponto de vista faz toda a diferença na forma como encaramos nossas vidas? Como você descreveria um dia da sua rotina de mãe?

  • Esta noite o bebê acordou de hora em hora para mamar, e só aceitava dormir em minha cama entre as mamadas. Fiquei exausta!
  • Pela manhã, fiquei sozinha com o bebê e ele não se distrai sozinho por mais de 10 minutos. Mal consegui trocar de roupa e tomar café.
  • O almoço? Uma sobra que estava esquecida no freezer. Impossível providenciar algo fresco com esse chororô…
  • Justo quando o bebê tirou o cochilo da tarde e eu pretendia tomar um banho, uma amiga apareceu de surpresa. Mais um plano ficou para trás.
  • Chegou o fim do dia e não consegui fazer nada do que havia proposto. Que frustração!

 

Você consegue enxergar isso tudo com um olhar diferente? Por exemplo:

  • Esta noite o bebê acordou de hora em hora para mamar. Felizmente tenho muito leite. Fazia muito frio, e dormimos juntinhos, nos aquecendo durante a madrugada.
  • Pude tirar a manhã para me dedicar ao bebê. Ele ainda é pequeno, e minha presença é importante para que ele se sinta feliz e seguro.
  • Ainda bem que encontrei, no freezer, uma porção de sopa para o almoço. Trouxe outro dia, da casa de minha mãe, e congelei para uma emergência.
  • Quando o bebê tirou o cochilo da tarde, uma amiga apareceu de surpresa, trazendo bolo de chocolate. Foi muito gostoso conversar sobre assuntos de adultos com uma pessoa querida! Mais tarde, ela ficou com o bebê para que eu pudesse tomar um banho.
  • O dia teve momentos cansativos e foi diferente do que planejei, mas tudo correu bem e dei boas risadas com meu bebê e com a visita.

 

É claro que nem tudo são flores, e o início da maternidade tem sim seus momentos de sombra, exaustão e solidão. Porém, tudo o que alimentamos cresce e se multiplica. Quando pudermos escolher, vamos optar por alimentar o amor e a gratidão?

 

*Sou enfermeira obstetra e trabalho com gestantes, mães e bebês há muitos anos. Apaixonada por tudo que envolve o gestar, parir e maternar, ofereço atendimentos terapêuticos em Thethahealing e consultorias em sono materno infantil, aleitamento e cuidados com o bebê de forma individual, para pequenos grupos ou in company. Se você é mãe ou gestante e gostaria de viver de forma mais leve, entre em contato. Estou certa de que juntas vamos encontrar o melhor caminho!