Você conhece os slings?

Você já ouviu falar nos slings, ou carregadores de bebês? Presentes em inúmeras culturas desde os tempos ancestrais, são peças de tecido não estruturadas, dobradas, amarradas e algumas vezes costuradas de forma a manter o bebê próximo ao corpo da mãe, do pai ou do cuidador de forma confortável e ergonômica para ambos.

Hoje existem diversos modelos de baby slings, que podem ser utilizados desde o nascimento até enquanto for confortável carregar a criança no colo bastando, para isso, mudar o tipo de amarração e a posição do bebê. Além de práticos, pois podem ser carregados na bolsa, os carregadores modernos são indispensáveis para o processo da exterogestação, que consiste em aproximar o mundo externo do ambiente uterino durante os três primeiros meses de vida do recém nascido, já que facilitam o colo e podem deixar as mãos de quem cuida do bebê livres.

Aprender como vesti-los pode requerer alguma prática, mas há inúmeros vídeos na internet ensinando sobre o tema e, na maioria das vezes, as próprias vendedoras do produto são especialistas em babywearing.

E, quando estiver segura, orientada e pronta para sair “vestindo” seu bebê, esteja preparada para alguns olhares de estranhamento e perguntas do tipo “não está machucando?”. Lembre-se de que, dentro da barriga, era assim que o bebê vivia – aconchegado e encolhidinho <3